http://dc255.4shared.com/download/hu1EdXjk/audio-player.js
sem ganasagora em versão medicada!
Aqui jaz
j f
morreu
como tinha vivido
sem ganas

Joan Fuster

quinta-feira, 3 de setembro de 2015

Recomendação de leitura


De concubina de baixo grau a mulher mais poderosa da China e principal responsável pela modernização do país. Uma mulher fenomenal.
Edição portuguesa da Quetzal.
Cixi, a imperatriz viúva (1835-1908), é a mulher mais importante da História da China. Governou a China durante décadas e trouxe um império medieval até aos tempos modernos. Durante uma seleção para consortes reais levada a cabo em todo o reino, Cixi foi escolhida com dezasseis anos para ser uma das inúmeras concubinas do imperador. Ascendendo de uma das mais baixas categorias de concubinato, após a morte do imperador, Cixi tomou o trono aos regentes que haviam sido nomeados por ele, chamando a si a governação da China.

Cixi reinou através de tempos historicamente conturbados e de grandes crises internas e externas, e transformou profundamente o país, desenvolvendo todos os sectores e infraestruturas necessários a um Estado moderno: indústria, caminhos de ferro, electricidade e comunicações. Mas desempenhou também um papel importante em reformas sociais que aboliram, por exemplo, práticas de extrema crueldade, como a morte através dos mil cortes ou a tradição de ligar os pés das mulheres.

Arquivo

E-MAIL
© SEM GANAS 2010